Como funciona o Google Chromecast

Chromecast é o nome do dispositivo de streaming mais badalado da atualidade. Criado pelo Google, o acessório distribuído oficialmente no Brasil à época desse teste ainda era o de primeira geração, lançado em 2015, e no tamanho de um pen-drive. Mas hoje a empresa já oferece o modelo de segunda geração (mais detalhes aqui). O Chromecast transmite conteúdos de smartphones e tablets Android e iOS para qualquer televisor com entrada HDMI, mesmo que seja antigo. A ideia é tornar o TV mais inteligente, embora sem contar ainda com grande número de aplicativos da loja Google Play, como ocorre nos modelos com sistema operacional Android mais recentes.

A instalação é muito fácil e feita em poucas etapas. Basta plugar o Chromecast em uma das entradas HDMI do TV e o cabo USB de alimentação também no aparelho, ou conectar à tomada de energia – via adaptador incluso –, baixar o app homônimo, conectar o dispositivo à rede e pronto. São compatíveis os aplicativos Netflix, YouTube – os mais utilizados atualmente –, Vevo, Google Play (Filmes, Músicas e Fotos), Spotify, além de algumas opções em games, incluindo Angry Birds e Just Dance Now.

AVALIAÇÃO

 

Todo o conteúdo desses serviços começa a ser reproduzido em um smartphone ou tablet, para depois ser transmitido à tela do TV. E se a rede estiver com boa velocidade (acima de 5 Mbps) o streaming possibilita imagens limpas e resolução máxima de 1080p, sem travamentos. No caso do Netflix, por exemplo, é possível voltar ao seriado no ponto onde parou de forma semelhante a um TV Smart. Os comandos de reprodução passam a ser feitos pelo próprio smartphone; assim como pesquisas por voz no buscador.

Mas uma atualização recente garante a interoperabilidade entre Chromecast protocolo HDMI-CEC, encontrado em diversos TVs. Isso facilita operações básicas, como liga/desliga e mudança de entrada, dependendo do aparelho, por meio do controle remoto.

espelhamento3A função de espelhamento é das mais importantes porque permite, com um toque, compartilhar fotos e vídeos exibidos em um Android ou iOS com o TV. E se você é daqueles que o computador, seja Windows ou MAC, o acompanha em casa e no escritório, basta ativar a função Chromecast do navegador Google Chrome para espelhar o site que está visualizando.

Quando não há reprodução de conteúdo, o plano de fundo do Chromecast exibe fotos de obras de arte, porém, é configurável para que apresente informações do tempo ou fotos da família em modo slide show, esteja no smartphone ou nas nuvens (Google Fotos).

No home theater, o Chromecast tem grande utilidade: pode-se conectar o acessório diretamente no projetor (tanto HDMI quanto USB), ou, melhor, no receiver. Neste caso, o sistema passa a reproduzir a trilha Dolby Digital/Digital Plus 5.1 das séries e filmes transmitidos pelo Netflix e o áudio estéreo do Spotify, do Google Music e dos clipes do Vevo.

Com o Chromecast o usuário ganha uma nova experiência de ver seus conteúdos prediletos a qualquer hora e em qualquer lugar, sem ter que trocar seu TV antigo por um Smart. Pode pensar até na possibilidade de levar o acessório nas viagens e acompanhar aquela série instigante que não passa na TV a cabo do hotel.

CHROMECAST 2ª GERAÇÃO

2geracao

A segunda geração do Google Chromecast, lançado oficialmente no fim de abril deste ano, já está à venda em lojas e magazines em todo o país. A convite do Google, nossa equipe esteve na sede da empresa, em São Paulo, para conferir a novidade. Assim como a primeira versão disponível no mercado, o novo permite transmitir conteúdos reproduzidos no smartphone diretamente para um TV ou projetor com entrada HDMI, por meio de uma rede Wi-Fi.

Além do design circular que integra extensor HDMI, a segunda geração do Chromecast incorpora, pelo menos, quatro tipos de melhorias na parte técnica. O dispositivo passa a ser compatível com tecnologia dual band, operando nas frequências de 2,4 e 5GHz, e o protocolo de comunicação 802.11ac. Um sistema adaptável de três antenas internas controladas por um algoritmo garante que o chip Wi-Fi esteja sempre usando a melhor frequência em qualquer ambiente, mesmo aqueles em áreas densamente povoadas, como condomínios de prédios.

O Google anunciou ainda o lançamento do Chromecast Audio. Uma versão de visual idêntico, mas dedicada ao streaming de músicas, notícias e podcasts para sistemas de áudio mais antigos, ou recentes que não acessam a internet. Com isso, é possível combinar diversos aparelhos e transmitir som para vários ambientes.

Ou, se o usuário assinar mais de um serviço de streaming, como Google Play Música, Spotify ou Deezer, enviar sinais distintos a equipamentos mantidos em cômodos diferentes da residência. Neste caso, a conexão do Chromecast Audio deve ser feita através de conector P2 – com cabo de 3,5 milímetros. Cabos adaptadores para RCA e óptico são vendidos à parte.

FICHA TÉCNICA

MODELO: Google Chromecast
RESOLUÇÃO MÁXIMA DE SAÍDA: 1080p
REDE SEM FIO: Wi-Fi de 2,4GHz, 802.11b/g/n
ENERGIA: USB (adaptador incluso)
DIMENSÕES (L x A x P): 35 x 72 x 12mm
PESO: 34g
PREÇO SUGERIDO: R$ 250

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

htbest