YouTube quer ser nova opção para público da TV

A Alphabet, holding que controla das empresas ligadas ao Google, anunciou nesta terça-feira o início de seu serviço de TV paga, o YouTube TV. O novo canal, que deve ir ao ar ainda este ano no mercado americano, terá baixo custo de assinatura (cerca de US$ 35) e uma grade com alguns dos principais conteúdos hoje disponíveis, mas com interface similar à do YouTube.

Segundo Susan Wojcicki, diretora executiva do Google, o acesso poderá ser feito, via aplicativo, tanto em TVs smart quanto em dispositivos móveis. Entre os canais anunciados para fazer parte da grade, estão Fox, ESPN e as principais redes de TV aberta dos EUA. Além disso, o YouTube está finalizando sua plataforma Red Original, semelhante à do Netflix, que irá oferecer conteúdos originais produzidos pelo canal.

Além do acesso via app, outros diferenciais do YouTube TV serão a possibilidade de gravar programas e deixá-los armazenados no servidor da empresa, para assistir no horário mais conveniente; e o fato de oferecer apenas um pacote premium, com cerca de 40 canais que hoje estão entre os mais assistidos. A empresa anunciou que negocia acordos com marcas importantes do segmento, como Disney, TNT e Discovery, entre outras.

Nos EUA, já existem serviços semelhantes ao YouTube TV, que funcionam de modo independente das operadoras regulares, como o SlingTV e o PlayStation Vue (este da Sony), lançados no ano passado. Mas executivos do YouTube dizem ter se preparado durante três anos para colocar no ar a nova plataforma de TV sem os travamentos que assinantes desses outros serviços vêm experimentando.

Fonte: Business Insider

 
Temas relacionados:

htbest

%d blogueiros gostam disto: