TVs Nano Cell chegam para competir com os QLED

Embora esteja apostando alto na  tecnologia OLED como “top de linha”, a LG decidiu lançar também uma nova série de TVs LED-LCD mais refinada, que compete diretamente com os modelos de pontos quânticos (QLED), da rival Samsung. Acabam de chegar às lojas cinco modelos que a empresa chama “Super UHD”, que têm como principal diferencial o uso de painéis Nano Cell.

Se os pontos quânticos são minúsculos elementos usados para reforçar o brilho da imagem e a profundidade das cores, os novos TVs da LG se baseiam em “nanocélulas”, igualmente microscópicas. A linha SJ9500 traz modelos de 55” e 65”, enquanto a SJ8000 inclui 49”, 55” e 65”. Há ainda um modelo maior (SJ9570), de 86”, mas sem painel de células. Segundo a LG, esta tecnologia atinge níveis mais altos de brilho e cores mais definidas porque os elementos de imagem são menores e de desenho mais uniforme que os pontos quânticos.

Outra vantagem apontada pela empresa é o ângulo de visão lateral nos TVs Nano Cell: mesmo olhando a tela fora do eixo frontal (até 60 o), não se perdem os detalhes da imagem. “As células absorvem os excessos dos comprimentos de onda, aumentando a pureza das cores mostradas na tela”, garante Igor Krauniski, gerente de produto da LG. “Além disso, regulam o brilho para manter a nitidez da imagem mesmo num ambiente bem iluminado”.

Para comprovar essa eficiência, a LG incluiu nesses TVs um ajuste chamado “Expert Mode”, desenvolvido em parceria com a empresa americana  Technicolor,  especializada em colorimetria para vídeo e cinema.

Os TVs Super UHD da LG são compatíveis com imagens 4K e as várias codificações HDR, incluindo Dolby Vision. Possuem processador para upscaling de imagens HD para UHD, e também de SDR para HDR, com painel de cores de 10-bit e plataforma smart WebOS 3.0. Todos vêm com alto-falantes e processador de áudio Harman Kardon.

Para mais detalhes, acesse este link.

FONTE: LG Brasil

Temas relacionados:

htbest