Receivers Onkyo aceitam comandos via Google Assistente

Depois dos televisores, o receiver é o que mais agrega funções de internet no home theater. Prova disso foi a Onkyo incluir em sua linha 2018 a tecnologia Chromecast, que permite a um dispositivo com o Google Assistente controlar as músicas e o aparelho por voz. É possível ainda transmitir o streaming de serviços em nuvem, como Tidal, Spotify e Deezer, do smartphone, tablet ou laptop, para o receiver com mais facilidade e controlar a reprodução pelo app Onkyo Controller ou outro compatível.

A Disac comercializa no Brasil os modelos de 9.2 canais (ou 5.2.4 canais) TX-RZ830, de 120W por canal, e TX-RZ730, de 100W por canal – potência medida em dois canais a 8 ohms, com 0.08% de distorção (THD) e dentro da faixa audível. A construção interna Classe AB, afirma o fabricante, traz a filosofia de Amplificação Dinâmica de Áudio (DAA) com o uso de transformador e bloco de capacitores personalizados, transistores de saída discretos e outros componentes, que fornecem alta corrente e resposta transitória mais natural.

Já o Circuito de Formação Linear Vetorial (VLSC) nos canais frontais visa entregar maior fidelidade sonora, após remover ruído de pulso gerado na conversão do sinal digital para analógico. A presença do certificado THX Select 2 significa que os receivers passaram por testes de desempenho para salas de até 57m3. Processadores Dolby Atmos e DTS:X decodificam trilhas gravadas nesse formatos; enquanto Dolby Surround e DTS Neural:X simulam som tridimensional nos canais de altura, a partir de fontes estéreo e 5.1.

Entre as capacidades multiroom, destaques para a tecnologia DTS Play-Fi – útil no streaming de áudio wireless com produtos de diferentes marcas –, saídas Zone 2 e Zone 3, por meio de conexões HDMI, áudio estéreo analógica e de caixas acústicas. Nas conexões, sete entradas HDMI 2.0a, sendo uma frontal, Wi-Fi, AirPlay e Bluetooth. Saídas pré-amplificadas para 11.2 canais (ou 7.2.4) estão disponíveis para ampliar a configuração com o uso de amplificador externo à parte.

Fonte: revista HOME THEATER & CASA DIGITAL

Temas relacionados:

Receivers Yamaha trazem componentes de nível profissional
Receiver Dolby Atmos da NAD tem construção modular
Linha Denon 2018/19 já inclui receiver de 13.2 canais
A nova geração de receivers high-end

htbest

htbest